segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

PROMESSAS DE FIM-DE-ANO


P: Bem, tenho um problema sério: mil e uma idéias, mil e uma promessas e metas... Só que não consigo cumprir nenhuma! Pior: dou tratos a bola para ver como encaminhar minha vida. Sabe aquela história: não sei se caso ou se compro uma bicicleta? Pois é. Sou eu! Tem jeito? Laura S., Natal

R: Bom, guardei esta pergunta para postar hoje, último dia de 2007, porque virada de ano é justamente aquela hora de fazer promessas e reavaliar a vida... Se tem jeito? Sempre tem! E como as empresas fazem para cumprir suas metas e decidir objetivos?

ESCOLHAS E ESCOLHAS
A coisa mais engraçada que tem é quando a gente vai no cliente pegar o “briefing”, que é o conjunto das informações para fazer o planejamento, a criação. É inevitável: querem um anuncio “institucional” (só da marca). Mas também, bom, se der para vender um pouco, motivar os funcionário, e ainda por cima atrair novos clientes e fidelizar os antigos... Ou seja: quem tudo quer, nada tem! Fica uma “meleca geral”. Ah, esqueci do detalhe: e tudo bem baratinho... Pode esquecer. É impossível.

DE TUDO UM POUCO
Eu fiz uma campanha para ajudar na prevenção a AIDS, lá nos primórdios, quando a doença ainda era um mistério apavorante. O problema foi justamente este: o pessoal da secretaria da saúde insistia por uma campanha “genérica”, como se falar com adolescentes, homens, mulheres, casados e solteiros fosse a mesma coisa em relação a este tema. Pior foi ouvir o secretário dizer: -“Aqui não tem disso não. Para que campanha? É tudo gente de família!” Sem comentários, não é?

20/80
Esta é a proporção do famoso Diagrama de Pareto. Ele postula o seguinte: existe uma relação de causa – efeito na proporção de 20% para 80%. Isto quer dizer, por exemplo, que numa empresa, 20% de fatores são responsáveis por 80% dos acidentes. Se descobrir estes 20%, liquida-se com 80% dos problemas. No caso da AIDS, era descobrir os 20% de motivos que levam as pessoas a não se cuidarem em 80% dos casos (só para dizer que descobrimos, sim, mas fica para outro post!).Trazendo para o dia-a-dia: 20% de pequenos “erros alimentares” são responsáveis por 80% do que você engorda. E daí para frente. As empresas, portanto, descobrem estes 20% e atacam firmemente para atingir suas metas. Se querem aumentar os lucros, descobrem quais as ações que devem ser feitas para isto. Algumas (20%) serão responsáveis por 80% mais de lucro. 20% do mercado detém 80% do maior potencial. Ou seja: em vez de dispersar, o negócio é concentrar!

LISTAS e LISTINHAS
Laura, o melhor mesmo é pensar O QUÊ está por trás da sua lista e das suas opções. Algumas são muito genéricas (ser feliz, ganhar dinheiro, mudar de emprego). Precisa detalhar: o que a faz feliz? Ganhar dinheiro para quê? Vendo a história encoberta então dá para começar a agir. E da lista, separar 20% dos itens que realmente vão fazer a diferença. Depois de cumprir esta meta, então é passar para frente

A ESTRATÉGIA
1. Faça a lista, como sempre ou enumera as opções.
2. Especifique o que realmente se esconde por trás de cada item.
3. Dos itens, selecione 20% que considera fundamentais.
4. Para estes 20%, liste o que precisa fazer para atingi-los.
5. Selecione, das ações, 20% que trarão maior impacto para alcançar as metas! E viva Pareto!

4 comentários:

Lucia disse...

Gostei das dicas! Mas acho que minha promessa deste ano é NÃO fazer promessas... Maria Lucia

Lu_BH disse...

Ethel,acho que estou no caminho certo!!!Em 2008 nós duas vamos entrar com o pé direito!!!Esse ano promete ser T U D O - D E - B O M!!BJSSSSSSSSSSS

quem eu? disse...

Minhas metas:
Ser feliz
Paz mundial
Que as pessoas sejam mais legais.

putz...
Mas o difícil mesmo é conseguir ter discernimento para ver o que se esconde por trás dos desejos né?
E sobre o humor ácido: só 4 pacientes por hora??
Aqui no QUebéc são 4 a cada 15 minutos.
Séríííssimo.

Scliar disse...

4 a cada 15 min? Entram de boiada, então? kkkk saudades